Facebook BTT Lazer

Google+ BTT Lazer

 

Pedestrianismo

O pedestrianismo é “o desporto dos que andam a pé. O pedestrianismo apenas deve ser entendido, quando se realiza ao longo de percursos pedestres marcados”. Por último, e em jeito de síntese, apresentamos a definição de pedestrianismo tal como aparece na legislação portuguesa:

“Actividade de percorrer distâncias a pé, na natureza, em que intervêm aspectos turísticos, culturais e ambientais, desenvolvendo-se normalmente por caminhos bem definidos, sinalizados com marcas e códigos internacionalmente aceites.” (Portaria n.º 1465/2004, de 17 de Dezembro).

 

O Pedestrianismo, Atividade Desportiva

O pedestrianismo é uma das modalidades dos denominados Desportos de Natureza, que são “todos aqueles cuja prática aproxima o homem da natureza de uma forma saudável e sejam enquadráveis na gestão das áreas protegidas e numa política de desenvolvimento sustentável”

De acordo com a Lei de Bases do Desporto, Lei nº 30/2004, de 21 de Julho, cabe à Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal a representação nacional e internacional da modalidade, sendo também da sua responsabilidade a homologação dos percursos pedestres.

 

As Marcas

São três as marcas utilizadas: caminho certo, caminho errado e mudança de direcção à esquerda e à direita.

 

As Marcas dos Percursos

A marca “Caminho Certo” deve ser colocada no início e ao longo de um percurso. Esta marca deverá ser colocada no início e no final do percurso, a uma distância inferior a 50 m dos painéis informativos, a menos de 50 m e para confirmar o caminho certo, logo após as mudanças de direcção.

A marca “mudança de direcção” deve ser colocada imediatamente antes de um cruzamento para indicar mudança de direcção. Esta marca deve ser colocada a menos de 30 m dos cruzamentos e bifurcações.

A marca “Caminho Errado” deve ser colocada à entrada de caminhos que se pretendem evitar, a menos de 30 metros.

Exemplo de um percurso pedestre:

 

 

Visitantes

Visitas
232
Artigos
162
Ver visitas de Artigos
325897